• Condomínio Parque Avenida

Por Que Devemos Conviver Com as Diferenças?


Estamos num momento muito difícil de nossas vidas, em que vários acontecimentos a nível mundial, refletem de certa forma em outros países como consequência da globalização, como o caso mais recente da atual crise sanitária, devido a um vírus que se espalhou rapidamente pelo mundo, ocasionando problemas sociais, econômicos e ambientais.


Mas paralelamente a isso, ocorre também os movimentos de intolerância, preconceito e discriminação. Alguns podem argumentar que esses movimentos visam a restaurar a ordem, ou valores que foram esquecidos pela sociedade. Podem até ser legítimos, mas a forma como se conduz esse processo pode ser questionável no sentido de excluir parte da sociedade por ser diferente, criando assim uma intolerância.


Um grande desafio no contexto atual, é conviver com diferentes formas de ser, de pensar, de agir e de se comportar. Por que temos dificuldade em aceitar as diferenças? Essa é uma pergunta de difícil resposta, e não é objetivo do presente texto aprofundar nas raízes da questão, mas podemos argumentar, que pode ter relação com o nosso sistema de valores pelos quais fomos formados. E isso faz com que nos relacionemos com pessoas que tem sistemas de valores parecidos com o nosso, criando numa certa dimensão uma comunidade intolerante aos que pensam diferentes de nós.


Agora, é possível um ambiente de negócio como um condomínio comercial, funcionar adequadamente sem respeitar as diferenças? Pode até funcionar, mas em constante tensão emocional que pode refletir na saúde e no bem estar das pessoas envolvidas. Alguns condomínios possuem áreas abertas e, portanto, essas áreas são caracterizadas como espaço público e podem ser frequentadas por qualquer pessoa. Isso pode incomodar alguns com os mais diversos tipos de argumentos para o impedimento de circulação de pessoas que julgam fora do perfil de potencial cliente do espaço.


Cabe aos empreendimentos com área pública investir em segurança patrimonial, com o objetivo de resguardar o patrimônio contra possíveis vandalismos por parte de terceiros, o que não significa restringir o acesso de pessoas ao espaço aberto. Os empreendimentos abertos por serem movimentados contribuem para a sua segurança, isso é uma tendência e vem se consolidando no Brasil.


O Parque Avenida se orgulha por integrar o maior quarteirão de Belo Horizonte, junto com um dos mais belos espaços verdes públicos da cidade, que temos o prazer de conservar para que todos possam usufruir da melhor forma possível.