• Condomínio Parque Avenida

Reflexões Sobre o Natal

O Natal é sempre visto como uma data de confraternização ou uma data para se comemorar o nascimento de Jesus. Não é de interesse do artigo entrar no mérito das questões com relação a data, mas refletir sobre alguns pontos que podem contribuir para com a solidariedade entre humanos, tão escassa nos dias atuais, em que passamos a viver em constantes conflitos.

Se você tem interesse no artigo, continue a leitura. ;)


Se pararmos para pensar um pouco, tudo em nossa sociedade, desde as regras de convivência, das leis, das constituições etc. tem como objetivo pensarmos no outro antes de agir. Mas, muitas vezes ignoramos o próximo e pensamos somente nos benefícios pessoais que uma determinada decisão ou atitude pode nos trazer. Se refletirmos sobre a história da humanidade, nossa sobrevivência se deu pela nossa capacidade de conviver em comunidades pequenas ou grandes, e isso se perpetuou no tempo. Porém em certa época as pessoas passaram a questionar modelos de sociedade até então predominantes e iniciaram uma ruptura, achando que estariam construindo modelos melhores. Avanços conquistados foram bastantes significativos nas mais diversas áreas do conhecimento humano e continuam no atual momento.


Tudo na vida parece ter um custo, e talvez estejamos pagando um elevado preço pelas nossas conquistas, principalmente nas questões ambientais e sociais, em que estamos num mundo onde a desigualdade é cada vez mais acentuada com uma mudança climática também acelerada. Ao que tudo indica essas duas questões requerem atenções especiais.


Mas, o que tudo isso se relaciona com a palavra solidariedade? A solidariedade é um ato de bondade e compreensão com o próximo ou um sentimento, uma união de simpatias, interesses ou propósitos entre os membros de um grupo: Cooperação mútua entre duas ou mais pessoas; Identidade entre seres; Interdependência de sentimentos, de ideias, de doutrinas. Ufa! Bastante longa! Mas perceba que em sua essência está a preocupação com o outro.


Portanto, aproveite o Natal, faça as confraternizações familiares e reflita também sobre a questão da solidariedade, de como contribuir para criarmos uma sociedade em que se possa conviver respeitando os direitos individuais e coletivos. Feliz Natal!!!